Avançar para o conteúdo principal

Ventosaterapia no tratamento da Dor


Apesar dos indícios de que essa prática era conhecida por antigas civilizações (nativos da América, hindus, habitantes das ilhas do mar do sul, japoneses e chineses), a origem certa deste método é obscura.

Na China existem registos da sua prática que remontam há milhares de anos, onde era conhecida como a “terapia do chifre”. Já nessa altura, as ventosas eram utilizadas para remover o pus e sangue dos furúnculos, evoluindo desde então para o tratamento das mais diversas condições clínicas.

No Ocidente também existem relatos sobre o seu uso. Os antigos egípcios foram os primeiros a fazer uso sistemático das ventosas. Pode-se ler sobre a prática no Ebers Papyrus, que é considerado o texto médico mais antigo de que se tem registo, escrito aproximadamente em 1550 a.C., no Egipto, onde são descritas sangrias feitas por meio de ventosas para “remover a matéria estranha do corpo”

No entanto, também Galeno e Hipócrates eram grandes defensores desta técnica, usando-a frequentemente nos seus doentes.


Benefícios da Ventosaterapia

- Estimula a circulação linfática
- Regula o fluxo do sangue
- Regula o sistema nervoso
- Auxilia no tratamento da dor
- Relaxa o sistema muscular


Efeitos sobre o Sistema Nervoso:

- Os efeitos inibidores da dor estendem-se às áreas controladas pelos nervos envolvidos
- O tratamento na região dorsal é direccionado principalmente para a linha central (nervos espinhais e parassimpáticos) e para os nervos simpáticos localizados lateralmente
- O estímulo desses nervos tem uma boa influencia tanto no sistema nervoso autónomo como nos vários órgãos.

Efeitos sobre a pele:

- Provoca um aumento da circulação sanguínea, da temperatura da pele, estimula o metabolismo, melhora o funcionamento das glândulas sebáceas e sudoríparas e da respiração cutânea;
- Fortalece a pele e a sua resistência contra vários agentes nocivos;
- Reduz a aparência da celulite;

Efeito sobre os músculos e articulações:

- Promove o relaxamento e a secreção do líquido sinovial das articulações;


Reacções ao Tratamento

• Formação local de equimose. A extensão dessa marca depende do tempo de permanência e da força de sucção. Normalmente as marcas desaparecem ao fim de 5 dias.
• Pode haver formação de bolhas.
• Como resultado do melhor metabolismo o paciente refere uma sensação de calor e bem-estar.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O que deves saber para agilizar as constipações e a tosse nos bebés.

A cada ano, centenas de bebés e crianças sofrem de constipações e tosse, principalmente devido ao seu sistema imunitário ainda imaturo.

É muito fácil identificarmos os sintomas de constipação e tosse nas nossas crianças. Começam logo a ficar com o nariz congestionado, com muita ranhoca (corrimento nasal), febre baixa, tosse, perda de apetite, irritabilidade e dificuldade em dormir. Qual a mãe, pai ou outro educador que não reconhece o desafio que é cuidar de uma criança doente? A natureza delas é de felicidade, alegria e brincadeira...de repente sentem-se mal apresentando alguma dificuldade em compreender claramente aquilo que estão a sentir, como tal, o nosso papel é orientá-las e ajuda-las a sentirem-se o melhor possível no menor espaço de tempo.

Como sou a favor da posição da American Academy of Pediatrics a qual desaconselha dar medicamentos para a tosse e constipações a crianças menores de 6 anos devido aos potenciais efeitos colaterais desses medicamentos, opto, sempre que poss…

Bolo de Cenoura [sem açúcar e sem glúten]

Andava com vontade de comer um bolo de nozes, mas não encontrava nenhuma receita que me desse água na boca, então fui para a cozinha fazer experiências com base numa diversidade imensa de receitas que fui vendo...adaptei, adaptei...e adaptei e saiu tudo menos um bolo de nozes (rsrsrsss)...mas ficou delicioso na mesma (vá lá...uffa!!)
Ora aqui vai a receita para quem quiser aventurar-se:
Vais precisar de:
- 2 chávenas de farinha de trigo sarraceno - 3 colheres de chá de fermento - 5 colheres de chá de canela em pó - 5 cenouras raladas - 1/2 chávena de coco ralado - 1/2 chávena de nozes raladas - 300g de tâmaras trituradas - 1/2 chávena de bebida vegetal (usei de arroz e soja do aldi) - 2 colheres café de baunilha

Pré-aquece o forno a 180ºC

Mistura todos os secos/sólidos e depois vai adicionando o liquido.
Bate tudo muito bem e leva ao forno cerca de 50minutos (depende de cada forno).

Eu costumo usar formas de silicone para não ter de adicionar gordura, fica a dica.

Bom apetite!!


Questionas-te se a Vitamina D é prejudicial sem a vitamina K?

Nos últimos tempos muito se tem falado sobre o possível prejuízo que a ingestão de vitamina D pode ter na ausência da vitamina K, mas as alegações científicas ainda não são muito consistentes. Como as pessoas que recorrem à minha consulta de naturopatia sabem, eu não sou muito apologista da suplementação nutricional. Existem casos em que ela é realmente necessária, existem outros casos em que recorrer a suplementação nutricional numa fase inicial pode ajudar o paciente a recuperar mais rápido, mas na maioria dos casos, recorrendo aos alimentos, ou seja, aos nossos suplementos “in vivo” é mais do que suficiente para se obter bons resultados terapêuticos. Dito isto, já podem antever que a minha opinião acerca do consumo de vitamina K sob a forma de suplemento não é muito abonatória, mas lá está...cada caso é um caso e há que se analisar individualmente a condição clinica da pessoa que procura ajuda.
Como todos sabemos, as vitaminas D e K são vitaminas lipossolúveis, ou seja, solúveis e…