Avançar para o conteúdo principal

Trigonella foenum-graecum (Feno-grego)


A Trigonella foenum-graecum é originária da Índia e Paquistão,

Vários estudos confirmaram que o feno-grego reduz o risco de alguns tipos de cancro como leucemia (International Journal of Molecular Medicine, 2003), osteosarcoma (International Journal of Oncology, 2003) e cólon (Cancer Epidemiol, Biomarkers & Prevention, 2004).

Na diabetes, muitos estudos indicam uma redução dos valores da glicose e nas dislipidemias, do colesterol total e subida do HDL. 


Num estudo realizado no Departamento de Medicina Integrada da Universidade de Huazhong, na China, 46 pacientes com diabetes tipo II que já não estavam bem controlados somente com sulfonilureias (antidiabéticos orais), alcançaram melhorias (diminuição dos níveis de glicose) quando juntaram o feno-grego, ao longo de 12 semanas, comparativamente ao grupo que continuou somente a tomar o fármaco.


Princípios ativos

Destaque para a 4-hidroxisoleucina, um aminoácido responsável por grande parte do seu efeito a nível lipídico e glicémico. Estimula a produção de insulina por um efeito direto nos ilhéus de Langerhans (células do pâncreas que produzem insulina).

Contém também diosgenina, uma saponina com efeito hormonal, precursora de progesterona, e esteroides anti-inflamatórios como a cortisona. 
Tem acção anticancerígena e um elevado conteúdo de proteínas, fósforo sob a forma de lecitina, inositofosfato de cálcio e magnésio, o que contribui para a sua ação tónica.

Inclui ainda colina, com ação sobre os lípidos; trigonelina, um alcaloide (também presente no café) que ajuda a prevenir cáries dentárias por inibir a aderência de algumas bactérias aos dentes; e mucilagens, com efeito regenerador dos tecidos e laxante suave.


Propriedades Medicinais 
É regulador do peso. Em pessoas magras ajuda a aumentá-lo, em pessoas com excesso ajuda-as a consumir menos gorduras.

Na diabetes reduz os níveis de glicose no sangue e nas dislipidemias reduz o colesterol. Graças ao efeito de regulação hormonal, é utilizado no tratamento da acne e, pela sua ação galactagoga (estimulante da produção de leite), nas lactentes.

Tem uma ação digestiva e estimulante do apetite, devido às suas propriedades aromáticas, carminativas e suavizante das gastrites. 

Atua também como um tónico geral graças à sua riqueza em nutrientes, sendo por isso utilizada por culturistas para aumentar a massa muscular e para acelerar a recuperação ao esforço. 

É emoliente (suavizante e regenerador) nas inflamações do intestino. 

Externamente, utiliza-se em cataplasma para extração de furúnculos.

Administração
Internamente, na Naturopatia, são consumidas as sementes secas, normalmente em comprimidos (500 mg a 4 g por dia). 
As folhas podem ser comidas em sopas e saladas devido ao seu elevado valor nutritivo e as sementes podem ser também germinadas ou utilizadas como farinha para fazer bolos e pão. 


Esta planta não deve ser administrada durante a gravidez



Fonte original AQUI

Comentários

Mensagens populares deste blogue

As tâmaras e o trabalho de parto

Desde os tempos bíblicos, as tâmaras eram consideradas possuidoras de propriedades curativas profundas, mas só agora a ciência vem confirmar o que os nossos antepassados já sabiam.
Um estudo publicado no Journal of Obstetrics and Gynecology em 2011 e intitulado "O efeito do consumo das tâmaras no final da gravidez[i]", apresentou a investigação do efeito do consumo das tâmaras nos parâmetros do trabalho de parto e nos seus resultados. Ao longo de 11 meses na Jordan University of Science and Technology, dois grupos de mulheres foram incluídas num estudo prospectivo onde 69 mulheres consumiram seis tâmaras por dia durante 4 semanas antes da data prevista para o parto, contra 45 mulheres que não consumiram nenhuma. Estas mulheres tinham parâmetros semelhantes por isso não houve diferença significativa na idade gestacional, idade e paridade (o número de vezes que a mulher engravidou) entre os dois grupos.
Os resultados do estudo foram os seguintes:
• Melhoria da dilatação cervical:

Receita: Pudim de Pêra com Canela

Quando o meu filho era mais pequeno e estava a atravessar aquela fase em que simplesmente se alimentam do ar (a anorexia dos 2 anos), eu fazia-lhe esta espécie de pudim com sementes de chia que ele comia e lambia os dedos...ou seja, um êxito! Escusado será dizer que é delicioso tanto para os pequenos como para os grandes...ahhh e nutritivo!!
- A tâmara é rica em proteínas, minerais e vitaminas principalmente a vitamina C. A grande vantagem é que além de ser uma verdadeira doçura, ela é rica em fibras, potássio, cálcio e ferro sendo excelente tanto para crianças como adultos.

- As pêras são ricas em fibras, vitamina A e C com importantes ações antioxidantes.
Também é uma excelente fonte de minerais como o fósforo, cálcio e ainda contém algum ferro.

- A canela auxilia no tratamento de diversas doenças. A canela estimula a salivação e os sucos gástricos, facilitando a digestão como tal, ajuda em casos de aerofagia, digestões difíceis a acidez estomacal.


Ingredientes

- 7 colheres de sopa de …

O que deves saber para agilizar as constipações e a tosse nos bebés.

A cada ano, centenas de bebés e crianças sofrem de constipações e tosse, principalmente devido ao seu sistema imunitário ainda imaturo.

É muito fácil identificarmos os sintomas de constipação e tosse nas nossas crianças. Começam logo a ficar com o nariz congestionado, com muita ranhoca (corrimento nasal), febre baixa, tosse, perda de apetite, irritabilidade e dificuldade em dormir. Qual a mãe, pai ou outro educador que não reconhece o desafio que é cuidar de uma criança doente? A natureza delas é de felicidade, alegria e brincadeira...de repente sentem-se mal apresentando alguma dificuldade em compreender claramente aquilo que estão a sentir, como tal, o nosso papel é orientá-las e ajuda-las a sentirem-se o melhor possível no menor espaço de tempo.

Como sou a favor da posição da American Academy of Pediatrics a qual desaconselha dar medicamentos para a tosse e constipações a crianças menores de 6 anos devido aos potenciais efeitos colaterais desses medicamentos, opto, sempre que poss…