Avançar para o conteúdo principal

Vai uma Laranjinha?!?

Sou louca por laranjas, tudo nelas me transmite energia, vitalidade e doçura. Fazem-me lembrar o pôr do sol nos dias quentes de verão e o seu aroma uii, que delicia. 

Mas não é de estranhar que assim como eu mais de metade da população adore o sabor da laranja, ela é quase como um supra-sumo das frutas, se for a laranjinha do Algarve então!!!

Nos dias que correm, torna-se vital falar nas propriedades das frutas e alimentos frescos que temos há nossa disposição a preços bastante acessíveis e com nutrientes que nos garantem uma vida mais plena. 

Com o aumento dos diagnósticos e a toma de medicação excessiva na qual os pacientes crêem firmemente de que é o melhor que podem fazer pela sua saúde sem se questionar acerca dos potenciais perigos que a medicação pode conter, é importante lembrar, que temos à nossa disposição uma grande variedade de alimentos que actuam muito bem como medicamentos (já dizia Hipócrates: que o teu alimento seja o teu medicamento e o teu medicamento seja o teu alimento) e que são uma alternativa viável para muita da medicação que por aí anda.

De facto, muitas frutas e vegetais que encontramos com frequência nas feiras, mercados e supermercados têm propriedades terapêuticas de louvar, com a espectacular praticabilidade de serem usadas tanto como medicamento como alimento deste tempos imemoriais. Eu acredito profundamente que o acesso a produtos frescos e biológicos é tão vital para a nossa saúde como a água e uma atmosfera limpa.

Desde o inicio da humanidade, os corpos dos nossos ancestrais (genes que agora possuímos) foram evoluindo com os milhares de fitonutrientes que as frutas e os vegetais contêm, muitos dos quais regulam e mantêm a expressão e saúde dos nossos genes. Assim, sem o consumo regular destes alimentos a tendência para a doença é quase que inevitável. A laranja é um bom exemplo. Ela faz parte da realeza quando se fala das propriedades medicinais dos alimentos, pois contem uma enorme variedade de nutrientes reconhecidos como essenciais para a saúde humana.

Mostro-te de seguida algumas das propriedades terapêuticas da laranja mais estudadas e confirmadas pela comunidade científica, espero que te ajude a incorporá-la na tua rotina diária.

O sumo da laranja é muitas vezes visto (de forma equivocada) como uma fonte perigosa de frutose altamente concentrada – hidratos de carbono simples – sem lhe reconhecer as suas magníficas propriedades medicinais. 

Sabias que está comprovado que o sumo de laranja melhora o “bom” colesterol (HDL)?!? Pois é, enquanto se debate que baixar o mau colesterol (LDL) é bom para a saúde do coração é no aumento do bom colesterol (HDL) que está a chave para obteres resultados realmente benéficos à saúde cardiovascular.
No entanto, considera-se difícil consegui-lo através da alimentação e praticamente impossível através da medicação. Além do óleo de peixe, muito poucas outras substâncias têm sido estudadas para se apresentarem como eficientes para o efeito, excepto, o sumo de laranja. (tcharamm)...Um estudo realizado em 2000 concluiu que o consumo de 750 mL de sumo de laranja por dia, durante 4 semanas, melhora o perfil lipídico sanguíneo ao diminuir o rácio colesterol LDL-HDL em 16% nos pacientes com Hipercolesterolemia. (E M Kurowska, J D Spence, J Jordan, S Wetmore, D J Freeman, L A Piché, P Serratore. HDL-cholesterol-raising effect of orange juice in subjects with hypercholesterolemia. Am J Clin Nutr. 2000 Nov;72(5):1095-100. PMID:11063434)...16% em 4 semanas é muitoo bom!!

Um outro estudo de 2006 realizado em ratos machos referiu que o sumo de laranja influenciava positivamente o status de antioxidantes e a força óssea, ou seja, o sumo de laranja aumenta a saúde óssea. (Farzad Deyhim, Kristy Garica, Erica Lopez, Julia Gonzalez, Sumiyo Ino, Michelle Garcia, Bhimanagouda S Patil. Citrus juice modulates bone strength in male senescent rat model of osteoporosis. Nutrition. 2006 May;22(5):559-63. Epub 2006 Feb 10. PMID: 16472977), podemos então afirmar que o seu consumo é altamente benéfico para quem sofre de osteoporose. Já o sumo de Laranja misturado com o sumo de Groselheira negra reduz os níveis de inflamação de acordo com um estudo de 2009 realizado em pacientes com Doença Arterial Periférica que demonstrou que o consumo de sumo de Groselheira negra e laranja reduziu a proteína C-Reactiva em 11%  e os níveis de fibrinogénio em 3%, duas medidas concretas da inflamação sistémica. (Christine Dalgård, Flemming Nielsen, Jason D Morrow, Henrik Enghusen-Poulsen, Torbjörn Jonung, Mogens Hørder, Moniek P M de Maat. Supplementation with orange and blackcurrant juice, but not vitamin E, improves inflammatory markers in patients with peripheral arterial disease. Br J Nutr. 2009 Jan;101(2):263-9. Epub 2008 May 28. PMID: 18507878.). Há largas décadas que em Naturopatia se faz as monodietas com laranjas para diminuir as crises reumáticas e de espondilite dos pacientes crónicos.

Para os mais gulosos uma boa noticia, um estudo de 2010 concluiu que o sumo de laranja neutraliza os efeitos pró-inflamatórios de uma refeição rica em gorduras e hidratos de carbono ao mesmo tempo que previne a toxicidade induzida pelas endotoxinas. (Husam Ghanim, Chang Ling Sia, Manish Upadhyay, Mannish Upadhyay, Kelly Korzeniewski, Prabhakar Viswanathan, Sanaa Abuaysheh, Priya Mohanty, Paresh Dandona. Orange juice neutralizes the proinflammatory effect of a high-fat, high-carbohydrate meal and prevents endotoxin increase and Toll-like receptor expression. Am J Clin Nutr. 2010 Apr;91(4):940-9. Epub 2010 Mar 3. PMID: 20200256), ou seja, consegue diminuir o impacto negativo que uma refeição pesada e rica em gorduras tem no nosso corpo (templo).

Quem sofre de cálculos renais, só tem a beneficiar com o consumo de sumo de Laranja porque este ajuda a dissolver as pedras nos rins, segundo um de 2006 que concluiu que o consumo de sumo de laranja estava associado a contagens baixas de supersaturação dos oxalatos de cálcio e de ácido úrico não dissociado, dois índices que indicam diminuição da formação de cálculos de cálcio urinários. (Clarita V Odvina. Comparative value of orange juice versus lemonade in reducing stone-forming risk. Clin J Am Soc Nephrol. 2006 Nov; 1(6): 1269-74. Epub 2006 Aug 30. PMID:17699358). Já o extracto do Sumo de Laranja vermelha suprime a proliferação da próstata, que apesar do seu conteúdo em frutose, está associada à inibição da proliferação das células prostáticas in vitro. (Federica Vitali, Claudia Pennisi, Antonio Tomaino, Francesco Bonina, Anna De Pasquale, Antonella Saija, Beatrice Tita. Effect of a standardized extract of red orange juice on proliferation of human prostate cells in vitro. Fitoterapia. 2006 Apr;77(3):151-5. Epub 2006 Feb 23. PMID: 16530345)

E o que era da laranja sem a sua casca não é verdade?!? A casca da laranja contem uma grande variedade de compostos potencialmente terapêuticos. Entre eles, destacam-se a pectina e os flavonóides, como a hesperidina, naringina, polymethoxyflavones, quercetina e a rutina, vários carotenóides e uma grande quantidade de substâncias odoríferas conhecidas como d-limonene, que constituem 90% do conteúdo de óleo da casca dos citrinos, sendo normalmente utilizadas  como agente aromatizante. O d-limonene tem vindo a ser estudado devido ás suas propriedades anticancerígenas, incluindo contra o melanoma metastático. Um estudo de 2007 descobriu que o extracto da casca da laranja inibe a carcinogénese em ratos com polipose adenomatosa e aumenta a morte celular programada (apoptose). Dois estudos adicionais de 2007 descobriram também que o extracto da casca da laranja tem propriedades anticancerígenas no que diz respeito ao cancro da mama. O primeiro demonstrou possuir propriedades quimiopreventivas contra as lesões tumorais mamárias em cobaias de laboratório e o segundo estudo demonstrou inibir as linhas celulares do cancro da mama in vitro.
Por último, um estudo de 2000, concluiu que a ingestão de flavonóides diminui o risco de padecer de cancro esofágico e que em conjunto com a vitamina C presente na fruta em especial nos citrinos tem um potencial protector do cancro esofágico considerável. (Kunhua Fan, Naoto Kurihara, Sadanori Abe, Chi-Tang Ho, Geetha Ghai, Kan Yang.Chemopreventive effects of orange peel extract (OPE). I: OPE inhibits intestinal tumor growth in ApcMin/+ mice. J Med Food. 2007 Mar;10(1):11-7. PMID: 17472461; Sadanori Abe, Kunhua Fan, Chi-Tang Ho, Geetha Ghai, Kan Yang. Chemopreventive effects of orange peel extract (OPE). II: OPE inhibits atypical hyperplastic lesions in rodent mammary gland. J Med Food. 2007 Mar;10(1):18-24. PMID: 17472462; Igor N Sergeev, Chi-Tang Ho, Shiming Li, Julie Colby, Slavik Dushenkov. Apoptosis-inducing activity of hydroxylated polymethoxyflavones and polymethoxyflavones from orange peel in human breast cancer cells. Mol Nutr Food Res. 2007 Dec;51(12):1478-84. PMID: 17979096; Marta Rossi, Werner Garavello, Renato Talamini, Carlo La Vecchia, Silvia Franceschi, Pagona Lagiou, Paola Zambon, Luigino Dal Maso, Cristina Bosetti, Eva Negri. Flavonoids and risk of squamous cell esophageal cancer. Arch Intern Med. 2000 Apr 10;160(7):1009-13. PMID:17192901).

Óleo Essencial de Laranja na Prática da AromaterapiaAqui também entra com grande sucesso a laranja associada à aromaterapia, pois está comprovado que reduz a ansiedade e melhora o humor.  Em 2000 foi publicado um estudo que referia que o efeito do aroma do óleo essencial de laranja reduzia a ansiedade, melhorava o humor e transmitia tranquilidade às mulheres expostas a este aroma numa sala de espera de uma clínica dentária. Estas descobertas, foram novamente confirmadas em 2005, quando um outro estudo veio confirmar os mesmos efeitos deste potente óleo essencial. (J Lehrner, C Eckersberger, P Walla, G Pötsch, L Deecke. Ambient odor of orange in a dental office reduces anxiety and improves mood in female patients. Physiol Behav. 2000 Oct 1-15;71(1-2):83-6. PMID: 11134689; J Lehrner, G Marwinski, S Lehr, P Johren, L Deecke. Ambient odors of orange and lavender reduce anxiety and improve mood in a dental office. Physiol Behav. 2005 Sep 15;86(1-2):92-5. PMID: 16095639).


Posto isto, que tal ires ao produtor mais próximo e comprares uns bons quilos de laranjas?!?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

O que deves saber para agilizar as constipações e a tosse nos bebés.

A cada ano, centenas de bebés e crianças sofrem de constipações e tosse, principalmente devido ao seu sistema imunitário ainda imaturo.

É muito fácil identificarmos os sintomas de constipação e tosse nas nossas crianças. Começam logo a ficar com o nariz congestionado, com muita ranhoca (corrimento nasal), febre baixa, tosse, perda de apetite, irritabilidade e dificuldade em dormir. Qual a mãe, pai ou outro educador que não reconhece o desafio que é cuidar de uma criança doente? A natureza delas é de felicidade, alegria e brincadeira...de repente sentem-se mal apresentando alguma dificuldade em compreender claramente aquilo que estão a sentir, como tal, o nosso papel é orientá-las e ajuda-las a sentirem-se o melhor possível no menor espaço de tempo.

Como sou a favor da posição da American Academy of Pediatrics a qual desaconselha dar medicamentos para a tosse e constipações a crianças menores de 6 anos devido aos potenciais efeitos colaterais desses medicamentos, opto, sempre que poss…

Bolo de Cenoura [sem açúcar e sem glúten]

Andava com vontade de comer um bolo de nozes, mas não encontrava nenhuma receita que me desse água na boca, então fui para a cozinha fazer experiências com base numa diversidade imensa de receitas que fui vendo...adaptei, adaptei...e adaptei e saiu tudo menos um bolo de nozes (rsrsrsss)...mas ficou delicioso na mesma (vá lá...uffa!!)
Ora aqui vai a receita para quem quiser aventurar-se:
Vais precisar de:
- 2 chávenas de farinha de trigo sarraceno - 3 colheres de chá de fermento - 5 colheres de chá de canela em pó - 5 cenouras raladas - 1/2 chávena de coco ralado - 1/2 chávena de nozes raladas - 300g de tâmaras trituradas - 1/2 chávena de bebida vegetal (usei de arroz e soja do aldi) - 2 colheres café de baunilha

Pré-aquece o forno a 180ºC

Mistura todos os secos/sólidos e depois vai adicionando o liquido.
Bate tudo muito bem e leva ao forno cerca de 50minutos (depende de cada forno).

Eu costumo usar formas de silicone para não ter de adicionar gordura, fica a dica.

Bom apetite!!


Questionas-te se a Vitamina D é prejudicial sem a vitamina K?

Nos últimos tempos muito se tem falado sobre o possível prejuízo que a ingestão de vitamina D pode ter na ausência da vitamina K, mas as alegações científicas ainda não são muito consistentes. Como as pessoas que recorrem à minha consulta de naturopatia sabem, eu não sou muito apologista da suplementação nutricional. Existem casos em que ela é realmente necessária, existem outros casos em que recorrer a suplementação nutricional numa fase inicial pode ajudar o paciente a recuperar mais rápido, mas na maioria dos casos, recorrendo aos alimentos, ou seja, aos nossos suplementos “in vivo” é mais do que suficiente para se obter bons resultados terapêuticos. Dito isto, já podem antever que a minha opinião acerca do consumo de vitamina K sob a forma de suplemento não é muito abonatória, mas lá está...cada caso é um caso e há que se analisar individualmente a condição clinica da pessoa que procura ajuda.
Como todos sabemos, as vitaminas D e K são vitaminas lipossolúveis, ou seja, solúveis e…