Avançar para o conteúdo principal

Hipócrates - "O Pai da Naturopatia"


"Um homem sábio deve considerar a saúde a sua maior bênção humana e aprender através do seu pensamento a beneficiar das doenças. Aprender com elas."


A figura de Hipócrates fez parte diária de toda a jornada do meu curso de Naturopatia. Durante os quatro anos de estudo, diariamente algum dos docentes aclamava o nome de Hipócrates para contextualizar o que estava a transmitir. 

Este, apesar de tão aclamado é também facilmente esquecido, mas todos o reconhecem como o 
"Pai da Medicina".

Todos os estudiosos de Medicina fazem o juramento de Hipócrates antes de entrar na prática médica. Mas será que sabem realmente quem ele foi? E tu sabes?

O nosso amigo Hipócrates nasceu na Grécia, numa ilha chamada Cos, na Grécia (aii um dia também lá irei eheh). Ele não se contentava com o "diz que disse" ou "é assim porque é"...nada disso. A mente dele era altamente investigativa e por isso refutava quase todas as crenças que existiam na altura.

Claro que isso tinha consequências, (as mesmas que ainda se sofrem nos dias de hoje). Como em qualquer outro tempo da história, quando alguém não está de acordo com o instituído sofre represálias, ofensas e ameaças. No caso de Hipócrates, este, sofreu nas mãos das autoridades governamentais. 

Como médico, Hipócrates opunha-se fortemente ao raciocínio da medicina convencional da época, que assentava na superstição, religião e magia. Por isso, defendeu pela primeira vez que a doença era causada pela transgressão das Leis da Natureza e que a medicina só podia ser praticada cientificamente, com base em evidências, em observação e em estudos. 

Ele defendia que o corpo devia ser tratado como um Todo e não em peças. 
Foi o primeiro médico a usar a dieta, o ar puro, as águas medicinais, as plantas e o exercício no tratamento da doença.

Hipócrates descreveu com precisão os sintomas de algumas doenças, por exemplo, ele catalogou os sintomas da pneumonia, bem como da epilepsia nas crianças. 

Depois de anos a viajar por toda a Grécia e a tratar toda a gama de doenças humanas, Hipócrates fundou uma escola de medicina em Cós para ensinar as suas ideias. 
Isto revolucionou a medicina no mundo antigo e estabeleceu-a como uma disciplina e uma profissão respeitada. 

Compilou uma lista de 400 plantas medicinais, nas quais encontrou princípios terapêuticos, metade delas ainda usadas nos dias de hoje. 

Em relação à Medicina como "arte" que deve ser praticada com a máxima integridade e abertura, ele desenvolveu um Juramento de Ética Médica para os médicos seguirem. (Hoje, existe uma versão modernizada do juramento que é feito nas cerimonias de final de curso). 


Apesar de Hipócrates ser homenageado como "Pai da Medicina", se ele fosse vivo nos dias hoje, sem dúvida seria rotulado de Naturopata e muito provavelmente ignorado ou limitado no seu trabalho por muitos daqueles que fazem o seu juramento. 



Juramento 

"Juro por Apolo Médico, por Esculápio por Higí por Panaceia e por todos os Deuses e Deusas que acato este juramento e que o procurarei cumprir com todas as minhas forças físicas e intelectuais.

Honrarei o professor que me ensinar esta arte como os meus próprios pais; partilharei com ele os alimentos e auxiliá-lo-ei nas suas carências.

Estimarei os filhos dele como irmãos e, se quiserem aprender esta arte, ensiná-la-ei sem contrato ou remuneração.

A partir de regras, lições e outros processos ensinarei o conhecimento global da medicina, tanto aos meus filhos e aos daquele que me ensinar; como aos alunos abrangidos por contrato e por juramento médico, mas a mais ninguém.  
A vida que professar será para benefício dos doentes e para o meu próprio bem, nunca para prejuízo deles ou com malévolos propósitos.

Mesmo instado, não darei droga mortífera nem a aconselharei; também não darei pessário abortivo às mulheres.

Guardarei castidade e santidade na minha vida e na minha profissão.

Operarei os que sofrem de cálculos, mas só em condições especiais; porém, permitirei que esta operação seja feita pelos praticantes nos cadáveres.

Em todas as casas em que entrar; fá-lo-ei apenas para benefício dos doentes, evitando todo o mal voluntário e a corrupção, especialmente a sedução das mulheres, dos homens, das crianças e dos servos.

Sobre aquilo que vir ou ouvir respeitante à vida dos doentes, no exercício da minha profissão ou fora dela, e que não convenha que seja divulgado, guardarei silêncio como um segredo religioso.

Se eu respeitar este juramento e não o violar; serei digno de gozar de reputação entre os homens em todos os tempos; se o transgredir ou violar que me aconteça o contrário."



HIPOCRATIS OPERA VERA ET ADSCRIPTA

Tomus Quartus, pág: 197-198-199, Lausanne MDCCLXXI

Comentários

Esse juramento NOS DIAS ATUAIS só pode ser uma piada. Os médicos de hoje, assim como qualquer político que toma posse e faz também seu juramento para adentrarem na vida corrupta, não se importam com a dor de seus pacientes. Isso tudo é pura balela. O que se vê são atendimentos cada vez mais precários disponível para a população e no fim das contas o que importa de verdade e ganhar dinheiro e manter seus luxos e para isso é extremamente importante que seus pacientes ou clientes permaneçam sem gozar a saúde plena porém vivos, para continuarem com seus tratamentos até o fim da vida.

Portanto médicos não horam o juramento que fazem. Médicos não entendem de saúde. O que aprendem nos anos de faculdade é fazer diagnostico e prescrever remédios fora isso são como cegos perdidos em tiroteio.

Mensagens populares deste blogue

O que deves saber para agilizar as constipações e a tosse nos bebés.

A cada ano, centenas de bebés e crianças sofrem de constipações e tosse, principalmente devido ao seu sistema imunitário ainda imaturo.

É muito fácil identificarmos os sintomas de constipação e tosse nas nossas crianças. Começam logo a ficar com o nariz congestionado, com muita ranhoca (corrimento nasal), febre baixa, tosse, perda de apetite, irritabilidade e dificuldade em dormir. Qual a mãe, pai ou outro educador que não reconhece o desafio que é cuidar de uma criança doente? A natureza delas é de felicidade, alegria e brincadeira...de repente sentem-se mal apresentando alguma dificuldade em compreender claramente aquilo que estão a sentir, como tal, o nosso papel é orientá-las e ajuda-las a sentirem-se o melhor possível no menor espaço de tempo.

Como sou a favor da posição da American Academy of Pediatrics a qual desaconselha dar medicamentos para a tosse e constipações a crianças menores de 6 anos devido aos potenciais efeitos colaterais desses medicamentos, opto, sempre que poss…

Bolo de Cenoura [sem açúcar e sem glúten]

Andava com vontade de comer um bolo de nozes, mas não encontrava nenhuma receita que me desse água na boca, então fui para a cozinha fazer experiências com base numa diversidade imensa de receitas que fui vendo...adaptei, adaptei...e adaptei e saiu tudo menos um bolo de nozes (rsrsrsss)...mas ficou delicioso na mesma (vá lá...uffa!!)
Ora aqui vai a receita para quem quiser aventurar-se:
Vais precisar de:
- 2 chávenas de farinha de trigo sarraceno - 3 colheres de chá de fermento - 5 colheres de chá de canela em pó - 5 cenouras raladas - 1/2 chávena de coco ralado - 1/2 chávena de nozes raladas - 300g de tâmaras trituradas - 1/2 chávena de bebida vegetal (usei de arroz e soja do aldi) - 2 colheres café de baunilha

Pré-aquece o forno a 180ºC

Mistura todos os secos/sólidos e depois vai adicionando o liquido.
Bate tudo muito bem e leva ao forno cerca de 50minutos (depende de cada forno).

Eu costumo usar formas de silicone para não ter de adicionar gordura, fica a dica.

Bom apetite!!


Questionas-te se a Vitamina D é prejudicial sem a vitamina K?

Nos últimos tempos muito se tem falado sobre o possível prejuízo que a ingestão de vitamina D pode ter na ausência da vitamina K, mas as alegações científicas ainda não são muito consistentes. Como as pessoas que recorrem à minha consulta de naturopatia sabem, eu não sou muito apologista da suplementação nutricional. Existem casos em que ela é realmente necessária, existem outros casos em que recorrer a suplementação nutricional numa fase inicial pode ajudar o paciente a recuperar mais rápido, mas na maioria dos casos, recorrendo aos alimentos, ou seja, aos nossos suplementos “in vivo” é mais do que suficiente para se obter bons resultados terapêuticos. Dito isto, já podem antever que a minha opinião acerca do consumo de vitamina K sob a forma de suplemento não é muito abonatória, mas lá está...cada caso é um caso e há que se analisar individualmente a condição clinica da pessoa que procura ajuda.
Como todos sabemos, as vitaminas D e K são vitaminas lipossolúveis, ou seja, solúveis e…